Receitas Para Todos os Gostos
EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Dicas e SugestõesFazer iogurtes sem iogurteira

Fazer iogurtes sem iogurteira

Publicado por
Share Button

Pois é, sabiam que podem fazer iogurtes sem iogurteira? Bastem terem uma panela de pressão e um cobertor bem quentinho.

São muitas as vantagens de fazer iogurtes em casa com este método:

– Mais económicos (gasto cerca de 2,50 € por 15 iogurtes)
– Mais saudáveis (sabemos o que lá metemos, pelo menos em relação ao açucar)

– Mais saborosos

– Mais ecológicos (reduz-se o nº de embalagens de plástico dos iogurtes convencionais pois estes são feitos em frascos de vidro)

– Redução na energia eléctrica, quem é bem mais cara que o gás (ao utilizar a iogurteira, esta tem de estar ligada pelo menos 6 horas).

Procedimento:

1º Encher a panela de pressão com água mais de meio e colocar a aquecer. Assim que começar a ferver, desligar.
2º Ao mesmo tempo colocar também os dois litros de leite do dia (eu uso leite gordo) noutra panela para aquecer até cerca de 45ºC (basta que o leite fique morno). Retirar do lume.

3º Colocar 2 colheres de sopa de leite em pó ( 1 colher por cada litro de leite) e mexer muito bem. (ver nota em baixo)

4º Colocar dois iogurtes naturais convencionais num recipiente (não precisa ser igual ao medidor em pirex da figura) e mexer muito bem até ficarem cremosos.

Inicialmente têm de comprar iogurtes porque são eles que vão fazer com que o leite fermente, mas depois basta guardarem dois dos iogurtes caseiros para fazerem a próxima “fornada”.

5º Juntar um pouco de leite morno aos iogurtes e mexer bem (para que adquiram gradualmente a temperatura do leite) e depois juntar tudo muito bem na panela.

6º Colocar o leite nos recipientes de vidro e colocá-los dentro da panela, fechando-a muito bem, com o apito colocado.

7º Colocar a panela enrolada num cobertor e deixar durante a noite ou preferencialmente durante 6 horas, no máximo.

Notas:

– A consistência do iogurte está relacionado com a estabilidade da temperatura durante a fermentação. Se esta se mantiver sempre entre os 35º e os 40ºC (não abram a panela ou a iogurteira durante o processo), então os iogurtes serão mais cremosos.

Outra coisa que também influencia é o tipo de leite usado, se magro, meio gordo ou gordo. É claro que o gordo torna o iogurtes mais espessos.

– Não se deve deixar mais do que as 6 horas recomendadas pois quanto mais tempo ficam a fermentar mais ácidos se tornam e, consequentemente, menos tempo duram.

– Para aumentar a validade dos mesmos (duram seguramente 1 semana, no frigorífico), o leite utilizado deve ser fervido bem como os frascos a utilizar (podem fazê-lo alguns minutos no microondas deixando depois arrefecer antes de colocar a mistura).

Nunca coloco açúcar, nem compota ou cereais porque gosto mais deles assim naturais, mas há quem adicione uns extras smile emoticon Aconselho é a fazê-lo depois de os confeccionar e não antes (com excepção da compota que podem colocar no fundo), para que saibam ainda melhor.

Estes iogurtes naturais caseiros são tão bons que se conseguem comer muito bem sem nada adicionada. Enfim… cada um que faça como mais gosta.

Fonte: http://www.aproveitaravida.pt

Deixe o seu comentário e receba as nossas novidades no seu e-mail.

12 + sixteen =

Ir para Topo